[RESENHA] ANNE DE GREEN GABLES, DE LUCY MAUD MONTGOMERY

[RESENHA] ANNE DE GREEN GABLES, DE LUCY MAUD MONTGOMERY

Sinopse: Anne é uma órfã que foi enviada por engano à fazenda de Green Gables, já que os irmãos Marilla e Matthew tinham a intenção de adotar um menino. Com pena da garota, resolveram mantê-la na fazenda. Com seus longos cabelos ruivos, olhos acinzentados e uma imaginação que lhe permitia viver fantasias, Anne traz reflexões e pensamentos pertinentes sobre os obstáculos e as escolhas da vida de qualquer pré-adolescente.”

 

Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery, é o tipo de livro que eu espero que a Olívia leia (e releia) tão logo apanhe aquela idade em que os sonhos infantis vão se transformando em ambições juvenis. É um livro que eu mesma gostaria de ter lido nesta fase da vida, mas nunca é tarde para encontrar um novo livro favorito. Na verdade, esse é um dos meus hobbies mais adorados: encontrar almas irmãs, como diria Anne, na literatura.

Estou as voltas com esse título há muito tempo, mas acabei assistindo a alguns episódios da série da Netflix (Anne with an e) antes de iniciar a leitura. Mas o que eu encontrei nos livros me encantou tanto ou mais do que a série, que é belíssima.

 

Leia também: Sete autores famosos que já “participaram” da série Murdoch Mysteries (spoiler: a autora deste livro, Lucy Maud Montgomery, já “participou”)

 

Obviamente são produtos diferentes; no caso da série precisamos entender que se trata de uma narrativa feita para o público deste tempo, tendo por base os romances que Lucy Maud publicou a partir de 1908. Muito dos temas tratados de forma bem direta na série nem existem no livro, ou figuram de modo muito sutil.

 

 

Mas, voltando aos livros… esse é só o primeiro de uma série de vários, especialmente se você incluir os volumes de contos e poesias. Nas palavras da própria Anne, “é esplêndido pensar em todas as coisas que há por descobrir”! A leitura é um encanto, dificilmente você vai parar no primeiro.

 

“— Que dia esplêndido! — exclamou Anne, respirando bem fundo. — Não é bom simplesmente estar vivo em um dia como este?”

 

Para quem tem dúvidas sobre a edição da editora Ciranda Cultural, pode ficar relativamente tranquilo: a edição é muito bonita, com orelhas, fonte em bom tamanho, papel confortável para leitura, além do mais importante: ótimo preço, tanto no formato impresso quanto no e-book! Só achei uns errinhos de digitação ou concordância, mas nada muito escandaloso ou em quantidade suficiente para estragar sua experiência de leitura (bom, pelo menos eu amei o livro, apesar de tudo). É certo que o ideal é que o título passe por uma nova revisão, mas ainda assim creio que compense, especialmente pelo preço (eu mesma paguei R$ 8,90 na minha edição impressa!).

E se você chegou até aqui sentindo falta de mais detalhes sobre o enredo, peço desculpas: talvez por considerar que essa história seja amplamente conhecida, tanto por causa da série quanto pelas inúmeras edições lançadas desde que o romance entrou em domínio público, ou mesmo pelo total encantamento com o qual li as últimas palavras do livro, a verdade é que eu só quero dizer que Anne de Green Gables vale muito a leitura. E que você deve entrar no sítio Green Gables e se apaixonar pelos campos, pelas árvores, por Marilla, Mathew, Anne, e todas aquelas pessoas que nos mostram que pertencer, sentir-se amada e valorizada pode até ser difícil, mas o caminho até lé é enormemente compensador. Acredito que a ideia geral do livro esteja bem resumida na sinopse. Meu trabalho aqui é só abrir a porteira de Green Gables e lhe convidar a entrar.

 

 

“Quando você está imaginando, é melhor imaginar algo que valha a pena.”

 

Não é esplêndido pensar em todas as coisas que há por descobrir? Isso simplesmente me deixa feliz por estar viva… O mundo é interessante demais. E ele não seria tão interessante assim se já soubéssemos de tudo.”

 

“Marilla, não é bom pensar que amanhã é um novo dia, em que erros ainda não foram cometidos?”

 

 

 

Título: Anne de Green Gables

Autora: Lucy Maud Montgomery

Tradução: João Sette Camara

Editora: Ciranda Cultural

Páginas: 336

Compre na Amazon: Anne de Green Gables

 

4 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Queremos saber a sua opinião, deixe um comentário!x